Ringo Starr foi arrumar suas coisas e…

ringo-photograph

Ringo Starr resolveu remexer em suas coisas e achou um monte de foto inédita dos Beatles – todas tiradas por ele mesmo. Um monte de imagem foda, a maioria delas registrando os quatro ingleses em momentos de intimidade e descontração que só alguém do circuito muito interno do grupo teria acesso. E quando você é o baterista dos Beatles…

ringo-08

ringo-07

ringo-06

As imagens deram origem ao livro Photograph, em referência a um dos maiores hits da carreira solo de Ringo, que será lançado este mês mas já está em pré-venda.

ringo-05

ringo-04

ringo-03

ringo-02

ringo-01

Peguei essas fotos do Huffington Post.

Beatles 1: o DVD

beatles-1-blu-ray

E a novidade que os Beatles estavam ameaçando com uma contagem regressiva era mesmo um lançamento relacionado à coletânea de singles Beatles 1 – na verdade uma compilação de vídeos remasterizados reunidos em um disco duplo. Falei mais disso lá no meu blog no UOL.

Novidade dos Beatles a caminho

beatles1

Que contagem regressiva é essa que os Beatles estão fazendo? Falei de como eles podem voltar à infame coletânea Beatles 1 lá no meu blog no UOL.

A última canção dos Beatles

paul-john

Nos anos 90, quando os três Beatles remanescentes começaram a mexer oficialmente no próprio passado, com o projeto Anthology, ficou combinado que a série de relançamentos incluiria três CDs duplos com raridades da história da banda e que cada disco viria com uma música inédita retrabalhada por Paul, George e Ringo. Os volumes 1 e 2 de Anthology seguiram essa premissa (recriando velhas demos de John Lennon como “Free as a Bird” e “Real Love”, em cada disco respectivo), mas o terceiro CD duplo veio sem música inédita. Os três não chegaram a um consenso sobre a música escolhida – entre “Grow Old with Me” e “Now and Then” – e a desculpa oficial dizia respeito à qualidade da gravação.

As duas faziam parte de uma fita que Yoko Ono entregou para Paul McCartney que vinha com a anotação “for Paul” (“para Paul”) e talvez indicasse uma possível retomada da parceria da dupla. Gravada no mesmo 1980 em que John Lennon foi assassinado, esta fita nunca veio a público de forma oficial, embora hoje, depois da morte de George Harrison, Paul admita que o guitarrista foi responsável pelo veto da música. E que talvez ele mesmo regrave a canção em um disco próprio, compondo letras para esta que seria a última parceria entre John e Paul. Eis a versão demo de “Now and Then”:

E esta regravação, feita por um fã, reúne elementos de outras gravações dos Beatles e circulava como sendo a versão que deveria ter saído no terceiro Anthology. Mas esta versão nunca aconteceu:

“Grow Old with Me” também tem uma versão retrabalhada circulando online, que mostraria que os três Beatles gravaram sobre a demo original de John. Mas, da mesma forma, é uma versão feita por fãs, sem nenhum envolvimento dos Beatles.

Um Pink Floyd tocando Beatles

paul-david

David Gilmour regravou uma versão correta – mas com aquele solo – de um clássico do Revolver, “Here, There and Everywhere”, para seu próximo disco solo, Rattle That Lock, mas a versão apareceu antes no CD que vem de brinde na revista inglesa Mojo deste mês.

O que me lembra que eu ainda tenho de falar sobre o fim do Pink Floyd…

“Sgt. Pepper’s é uma merda!”

pepper

Quem mandou essa foi Keith Richards, que está lançando disco solo, em uma entrevista à revista Esquire:

“Os Beatles soavam ótimos quando eles eram os Beatles. Mas não há muitas raízes naquela música. Acho que eles se deixaram levar. Por quê não? Se você fosse os Beatles nos anos 60 você se deixaria levar – você se esqueceria do que queria fazer. Você começa a fazer o Sgt. Pepper. Tem gente que acha que é um disco genial, mas acho que é um apanhado de merdas, meio como o Satanit Majesties – ‘Ah, se eles podem fazer um monte de merda, nós também podemos’.”

Leia a entrevista toda no site da Esquire.

Porque Ringo Starr é o melhor baterista de todos os tempos

ringo

E nem sou eu quem está dizendo, mas outros bateristas – como Dave Grohl, Stewart Copeland, Questlove, Chad Smith, entre outros – que celebram o minimalismo lateral do beatle para este vídeo feito para a entronização do baterista ao Rock & Roll Hall of Fame deste ano.

Um filme sobre Brian Epstein

fifth-beatle

A graphic novel O Quinto Beatle, que foi lançada no Brasil pela editora Aleph, e conta a história do empresário que descobriu John, Paul, George e Ringo vai virar filme. Falei disso no meu blog do UOL.

Fotos raras dos Beatles!

rare-beatles-00

Meio milhão de fotos de personalidades do mundo do entretenimento inglês foram encontrados em caixas abandonadas no British Film Institute, em Londres. São milhares e milhares de imagens nunca vistas tiradas por fotógrafos da revista TV Times – apenas uma parcela ridícula do que era fotografado ia parar nas páginas da publicação. Entre as imagens – que incluem fotos de Woody Allen, Liza Minelli, Peter Sellers, entre outros – há a aparição dos Beatles no programa The Music of Lennon & McCartney, em que John e Paul foram homenageados no estúdio Granada, na capital inglesa, em 1965. Sente o drama:

rare-beatles-06

rare-beatles-05

rare-beatles-04

rare-beatles-03

rare-beatles-02

rare-beatles-01

O próprio programa é um achado pra beatlemaníacos em geral:

Vi no site Amateur Photographer, dica do Privatti.

A primeira vez que um beatle toca “Another Girl” ao vivo

paul-japao

E quando você menos espera Paul McCartney ainda tem bala para te surpreender. Desta vez foi no show que fez na terça passada, no Japão, quando, depois de voltar ao mesmo Budokan, em Tóquio, em que havia tocado pela última vez com os Beatles em 1966. Sem sobreaviso o beatle sacou uma música que nunca tinha sido tocada ao vivo – nem pela banda, nem em shows solo de seus ex-integrantes. E tome “Another Girl”!