Máquina do Tempo: 1° a 31 de janeiro


1° de janeiro de 1962 – Os Beatles fazem uma audição para a gravadora Decca, que os dispensa

melodymaker
2 de janeiro de 1926 – Nasce o jornal Melody Maker


3 de janeiro de 1987 – Aretha Franklin é a primeira mulher do Rock and Roll Hall of Fame

jimi-hendrix´-
4 de janeiro de 1969 – Jimi Hendrix é banido da BBC

nelsonned
5 de janeiro de 2014 – Morre Nelson Ned

sydbarrett
6 de janeiro de 1945 – Nasce Syd Barrett

luiz-melodia
7 de janeiro de 1951 – Nasce Luiz Melodia

bowie-
8 de janeiro de 1947 – Nasce David Bowie

jimmy-page
9 de janeiro de 1944 – Nasce Jimmy Page

vinil
10 de janeiro de 1949 – Os singles são lançados no mercado

freddie-mercury-
11 de janeiro de 1985 – Começa o primeiro Rock in Rio

steviewonder
12 de janeiro de 1959 – É fundada a gravadora Motown


13 de janeiro de 1968 – Johnny Cash grava um disco ao vivo na cadeia


14 de janeiro de 1978 – Os Sex Pistols fazem seu último show

don-mclean
15 de janeiro de 1972 – “American Pie” chega ao topo das paradas nos EUA


16 de janeiro de 1959 – O Cavern Club é inaugurado em Liverpool

monkees
17 de janeiro de 1966 – O seriado que deu origem aos Monkees começa a ser produzido

bruce_obama
18 de janeiro de 2009 – Posse de Barack Obama reúne elenco estelar em show histórico

elisregina
19 de janeiro de 1982 – Morre Elis Regina

pelotelefone
20 de janeiro de 1917 – É lançado o primeiro samba gravado: “Pelo Telefone”

embalos
21 de janeiro de 1978 – A trilha sonora do filme Os Embalos de Sábado à Noite chega ao topo das paradas e a disco music torna-se um fenômeno

bowie-72
22 de janeiro de 1972 – David Bowie assume sua homossexualidade

nirvana
23 de janeiro de 1988 – Nirvana grava sua primeira fita demo

sabotage
24 de janeiro de 2003 – O rapper Sabotage é assassinado

joy-division
25 de janeiro de 1978 – O Joy Division faz seu primeiro show

aha
26 de janeiro de 1991 – A-ha é o único show a esgotar no Rock in Rio


27 de janeiro de 1984 – Cabeça de Michael Jackson pega fogo

wearetheworld
28 de janeiro de 1985 – A gravação de “We Are the World”

bob-dylan
29 de janeiro de 1961 – Bob Dylan conhece Woody Guthrie

beatles-1969
30 de janeiro de 1969 – Os Beatles tocam pela última vez ao vivo

britney
31 de janeiro de 2008 – Britney Spears é internada após um ano tenso

Obama e o futuro da política

obama-fallon

Deixando a Casa Branca no final deste ano, o presidente norte-americano Barack Obama fez sua saída extraoficial do cargo na semana passada, ao resumir – em uma jam session de funk lento – os feitos de seus oito anos de mandato. Acompanhado do apresentador Jimmy Fallon e dos Roots, Obama oficializa seu mandato também como o de um presidente preocupado com sua imagem a ponto de descer dos degraus da pompa decadente da política tradicional para tratar o cargo com uma métrica mais atual. Afinal, não é exagero dizer que, seja ocupado por quem for, a cadeira de presidente dos Estados Unidos transforma qualquer um em um dos maiores popstars do mundo – e Obama aproveita a oportunidade com maestria. O que nos leva àquele velho adágio do saudoso Zappa, que a política é o entretenimento do complexo industrial-militar ou dos inúmeros avisos de Aldous Huxley, George Orwell e Alan Moore sobre como o entretenimento é só uma face da política (papos de ópio do povo, pão e circo, você sabe). Essa apresentação de Obama é o futuro da política hoje:

E para a atração musical do mesmo programa não ser completamente ofuscada por Obama, Jimmy Fallon ainda conseguiu Madonna como convidada, voltando a nada menos que “Borderline”, seu primeiro hit, também acompanhada pelos Roots.

Obama + Drake: “That can only mean one thing…”

obama-hotline-bling

E o presidente norte-americano cantando “Hotline Bling”? Cortesia do pessoal do já clássico Barackdubs.

Obama cantando “Thriller”

obamathriller

Mais uma do Barackdubs, sempre sagaz.

E assim o Meia Hora dos EUA resumiu o dia histórico de ontem

obama-cuba-kim-sony

Não é brincadeira não

Obama x Ariana Grande

barackdubs

Nem o presidente norte-americano resistiu a um dos grandes hits de 2014 – e saiu cantando “Problem”, da Ariana Grande.

Na verdade, o paciente projeto Barackdubs, que picota discursos presidenciais e os encaixa em hits do momento, já colocou Obama cantando “Fancy” da Iggy Azalea, “Call Me Maybe” da Carly Rae Jepsen, “Get Lucky” do Daft Punk, entre outras… Saca só:

Continue

Mandela, Obama e Castro

Só mesmo a morte de Mandela para proporcionar este momento.

obama-castro

Alguma coisa está acontecendo…

4:20

obama-it-crowd

4:20

sameold

Spy vs. Spy 2013: A capa da Mad pós-Edward Snowden

mad-spy-vs-spy

É por essas e outras que essa revista ainda faz sentido.