Speed (1973-2010)

Puta notícia de merda: mataram o Speed em Niterói. Apesar de conhecido por viver com o povo do Planet Hemp, a carreira do rapper carioca era mais paralela à da banda de Marcelo D2 e BNegão do que coadjuvante.

E o Bruno compilou algumas homenagens de amigos e rappers ao compadre recém-falecido:

@deeleve Speed faleceu. Nao tenho mais o q dizer.

@marcelodedois Muito triste e indignado , falei com o Gustavo e não consigo entender… Ele não merecia isso… + uma vida perdida assim… Valeu Speed. Speed foi o Cara que mais me incentivou a cantar… A força de vontade dele e a paixao pela musica sempre me impressionaram…

@zegon Alguem me fala que é mentira,acabo de acordar c/a noticia que o meu irmão Speedfreak foi assassinado,to ainda em choque preciso de 1 tempo. Quando começa a cair a ficha fica ainda mais dificil…

@emicida Descanse em paz speed…

@danielganjaman Estou muito triste! O Brasil perde mais um músico genial por conta da violência urbana. Descanse em paz, Speed. Sua vida foi muito intensa.

@Kamau_ Claudio Marcio aka Speed Freaks. Gênio Incompreendido mas nunca despercebido. Paz pra vc irmão.

@sopedradablog A Casa está de luto! R.I.P. Speed Freaks. http://bit.ly/cnjkTa

@McMaxBO Que maneira de acordar… R.I.P. Speed Freaks!

Speed foi um dos primeiros artistas brasileiros a acreditar no potencial da internet e fez vários discos para serem lançados direto online, sem pensar em gravadora, assessoria de imprensa, prensagem ou distribuição. Foi crucial no surgimento do Quinto Andar, coletivo de onde saíram De Leve, Castro, Marechal e outros nascidos em Niterói e que desequilibraram o hip hop brasileiro criando uma cena no Rio de Janeiro e na internet. A Wikipedia lista a seguinte discografia de Speed:

De Macaco (1996)
Expresso (2001)
Sangue Sob o Sol (2003)
Só o Começo (2006)
Meu Nome é Velocidade (2008)
De Volta No Jogo (2009)
Remixxx-Speedfreaks Featurings Vol. 1 (2009)

Ele deve ter mais discos que isso. Fora faixas soltas, de novo via Wikipedia, nas seguintes coletas:

No Major Babies (1993)
Baião de Vira Mundo (2000)
Hip Hop Rio (2001)
Revista Trip (2000-2003)
Penta Brasil (2003)
Brasil Muito Além (2008)

E deve ter muito mais faixa solta por aí. Alguém anima compilar tudo? Tenho certeza que ele curtiria – e pacas.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Masterdik disse:

    Speed, sagaz, sem crise, pranchando o som na orelha! (de Black Alien & Speed, de 2000, baita disco)
    Mais uma morte besta… Brasil-sil-sil!

  2. Daniel disse:

    Pra complementar a lista, de saída já lembro que tem uma participa do Speed no primeiro disco do Maquinado (“Homem Binário”).

    Chama “Tá Tranquilo”, se não me engano.

    Que merda….

  3. Marcelinho DJ REX disse:

    Falar de Claudio Marcio é voltar ao passado, antes dele se autodenominar “Speed Freaks”…Corria o ano de 86, eu estava de volta ao Rio, mas precisamente Niterói, depois de passar alguns anos no nordeste, morava no centro, e andava de skate, freestyle, foi qndo tive meu primeiro contato com aquele maluco estiloso. Ele tinha uma cabeleira enorme e loira(!!!), isso mesmo o Speed tinha o cabelo oxigenado nessa época, e conversando com ele, deu para ver que o maluco era inteligente e com um temperamento que mais tarde faria jus ao speed do seu codinome…Muitos anos se passaram, e Claudio se tornou um exímio baixista, tocando tbm outros instrumentos…Mas em nenhum momento, cheguei a pensar q ele viraria Rapper, ja q o proprio gostava muito de um som mais funkeado com rock, Red Hot, Suicidal e etc…Na cena local, foi crescendo no underground e fazendo parceria com meu camarada Black Alien…Inteligente, com uma personalidade forte, talvez não tenha ficado mais famoso pq não o quisesse, gostava de ser underground, de ter esse contato com as ruas, sem ter q ser incomodado por ninguem, tipo celebridade…Devo dizer-lhes que considero a dupla com Black Alien, uma das melhores ou quiçá a melhor do Brasil, diante das dificuldades e do amadorismo inicial. Fecho por aquí, relembrando com tristeza a última vez em q ví e apertei sua mão: Foi na sua Nikiti querida, onde tombou covardemente assassinado por um traficantezinho de merda, mas precisamente na Cantareira, passei no Bar São Dom Dom, apos ter tocado no Convés (Sou DJ), q o ví pela ultima vez…Ainda sobre sua morte, já ouví populares dizerem q ele foi morto pq falou alguma besteira para o tal traficante de merda, e q o infeliz o alvejou à quiema roupa, matando inclusive um outro rapaz q tinha chegado ao mesmo tempo q ele…Claudio Speed Freaks, vc é imortal, seus amigos NUNCA o esquecerão, quem te conhece sabe q era boa pessoa, apesar do estilo rapper um pouco ameaçador, nós o amamos, amigo, e serás sempre lembrado…OBRIGADO POR TUDO, PELA SUA OBRA, PELA SUA AMIZADE, DESCANSE EM PAZ AMIGO, NÒS DE NITERÓI O REVERENCIAMOS…SALVE CLAUDIO, SALVE SPEED FREAKS!!!!! IMORTAL!!!!

  4. Rafael disse:

    Estou fazendo esse trabalho de compilar tudo!
    Se liga no site http://www.speedfreaksalendaviva.com ou na página do facebook SpeedfreakS A Lenda Viva

    Abraços.