Rum Diary: Johnny Depp é – de novo – Hunter S. Thompson

Parece bom.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Bolzan disse:

    Tomara que seja melhor do que o livro. Deve ser. Por que este foi o primeiro romance dele que é no máximo razoável. Ele ainda não era o escritor que se tornaria em Medo e Delírio.

  2. andré disse:

    achei o livro interessante justamente por não ter o estilo mais característico do thompson. é uma história de alcoolismo, mal cita outras drogas. o texto, mesmo tendo sido escrito quando o autor era bem jovem, é reveladoramente maduro – e bastante sóbrio, veja só. estou curioso quanto ao filme, mesmo não achando johnny depp quarentão a melhor escolha para o protagonista.