Quem quer ir no show do Afghan Whigs de graça amanhã?

afghan-whigs-2014

Um dos principais nomes da cena de Seattle, o Afghan Whigs voltou em 2014 com um discaço e se apresenta pela primeira vez no Brasil este ano. O show em São Paulo acontece amanhã, no Audio, e tenho um par de ingressos pra sortear aqui no site. Para concorrer, basta dizer qual é a música que você gostaria de ver no show desta quinta-feira e por quê. O resultado sai ainda hoje, no final do dia. Valendo!

Você pode gostar...

12 Resultados

  1. Juliana Torres disse:

    “What Jail is Like”, porque foi a trilha sonora do meio 2013, um dos anos mais intensos da minha vida e que mudou quem eu sou hoje e o que eu faço. Seria catártico ouvir essa música ao vivo, junto dos meus amigos e entender porque a música mexe tanto com a gente.

  2. Luiz Mazetto disse:

    O cover da “Night Prowler”, do AC/DC, que eles estavam fazendo no mês passado nos EUA. Simplesmente porque seria o Afghan Whigs tocando AC/DC!

  3. Fergolina Heinz disse:

    Fountain and Fairfax. Eu sempre gostei dessa música e foi uma boa surpresa quando em Los Angeles descobri que era o nome de um cruzamento de ruas da cidade. Fiquei bem turistona querendo fazer foto lá… Poderia ser uma trilha atrasada para aquele momento. 😉

    • Alexandre Matias disse:

      Cheque seu email, vc ganhou o par de ingressos. No email explico como retirar.

  4. Mateus Rabelo disse:

    “When We Parted” seguida de um trecho cover de “Over My Dead Body” do Drake. Escuto “When We Parted” desde sempre e o snippet do Drake ao vivo deixa faz do fim da canção um momento de pura catarse.

  5. Ana Ferraz disse:

    When we two parted. simples. é a que eu mais gosto.

  6. “Summer Kiss”. Porque a gente poderia trocar no dicionário a palavra “pungente” por esta canção. Garra, paixão, energia sexual, todos os verões do mundo reunidos na voz de Mr. Greg Dulli. Alguém escreveu uma resenha antiga dizendo que eram os três minutos e meio mais intensos dos anos 1990. É por aí.

  7. Guest disse:

    “Can’t Get Enough of Your Love, Babe”, por diversas razões: foi a primeira canção deles que eu ouvi (ou melhor, vi, pois o Afghan Whigs aparecia tocando essa música em uma cena do filme “Brincando de Seduzir”. Demorei um bocado de tempo pra descobrir o nome daquela banda, afinal vivíamos em uma época pré-internet). Além disso, esse longa – e, por consequência, tudo que o compunha – me marcou muito, pois me remete a um período em que ainda se podia assistir a um filme mais “alternativo”, na TV aberta, e em horário nobre, algo inconcebível hoje em dia. Por último, “Brincando de Seduzir” tem Natalie Portman, adolescente mas madura, nada artificial, e bela como nunca. Natalie Portman, “Can’t Get Enough of Your Love, Babe”, e a comunidade “Eu queria ser o cigarro do Greg Dulli” no orkut: eis 3 coisas que eu talvez jamais consiga superar.

  8. Fabiana de Paula disse:

    Debonair – Para olhar nos olhos do gordinho safado do Greg Dulli enquanto ele canta um dos hinos da minha juventude nos anos 90.

  9. losiano disse:

    kiss the floor

  10. Vitor Santi disse:

    Algiers – Conheço muito pouco da banda, mas ouvi essa música hoje e achei fodona.

  11. Rodrigo Miranda disse:

    Certamente é “I Keep Coming Back” porque é talvez a música que mais ouvi no repeat na vida!