Que venha a nós Westworld!

A terceira temporada da melhor série atual estreia daqui a um mês e pouco sabemos sobre ela até agora… A maior novidade recente foi o lançamento do belíssimo cartaz que tenta dar o tom de que esperar da nova safra de episódios, que começa a ser exibida a partir do dia 15 de março.

westworld3

O slogan que anuncia a temporada conta com um duplo sentido em inglês – “livre arbítrio não é livre” também pode ser lido como “livre arbítrio não é de graça” e isso pode conversar estranhamente com a era que vivemos atualmente, principalmente a partir da linha do tempo que a série mostrou no início do ano, finalmente a localizando num futuro próximo.

É interessante notar que após os incidentes catastróficos que mudariam a cara do século 21, há a criação de algo referido como “um sistema”, que controlaria a história. Se cogitamos que Westworld não seja um simples playground de bilionários, mas uma realidade virtual em que endinheirados podem fazer o que quiser, a conversa com o slogan do cartaz recém-lançado pode dizer que toda a humanidade que não tem tanto dinheiro, não tem também livre arbítrio – e talvez o tal sistema criado seja uma realidade virtual que abranja toda a população do planeta, encapsulando indivíduos em realidades alternativas – como bolhas de realidade virtual, embora num formato mais próximo de Matrix que dos desertos virtuais imaginados pelo falecido (?) Dr. Robert Ford.

O elenco principal permanece, felizmente. Os sensacionais Evan Rachel Wood, Thandie Newton, Ed Harris, Jeffrey Wright, Tessa Thompson, Luke Hemsworth, Simon Quarterman e Rodrigo Santoro estarão todos de volta, ao lado de novos nomes, como o Aaron Paul de Breaking Bad, o rapper Kid Cudi, Vincent Cassel, o jogador de futebol americano Marshawn Lynch, entre outros. O personagem de Aaron Paul, inclusive, parece mais próximo da realidade fora do parque temático e nos ajuda a entender o contexto maior do seriado.

A nova temporada terá menos episódios que as duas anteriores, com apenas oito em vez de dez, e deverá ser contada de forma mais linear, sem exigir tanto do espectador. “Essa temporada vai ser menos um jogo de adivinhação e mais uma experiência com os hospedeiros finalmente conhecendo seus criadores”, disse o criador da série Jonathan Nolan em entrevista à revista Entertainment Weekly.

Pois pode vir Westworld, estamos prontos!

Você pode gostar...