Outra “TVC15”

David-Bowie-Who-Can-I-Be-Now-box

A emblemática música que abre o lado B de um dos melhores álbuns de David Bowie reaparece na versão seca e direta que havia sido imaginada originalmente. A nova versão para “TVC15”, central em um dos meus discos favoritos do mestre que ultrapassou este plano no início de 2016, Station to Station, é mais uma pérola resgatada pela caixa Who Can I Be Now?, que já pode ser considerada histórica ao oficializar a versão original do disco Young Americans, que chamava-se originalmente The Gouster.

A nova versão para a faixa era a mixagem original sugerida pelo produtor Harry Maslin, mas que foi tornada mais cheia e suja na versão que conhecemos no disco, compare.

Você pode gostar...