O Sherlock Holmes de Robert Downey Jr.

…é o Tony Stark! Ele pode ser excêntrico, fumar o cachimbo e morar no número 221-B da Baker Street, mas o personagem do novo filme de Guy Ritchie passa longe do Sherlock Holmes clássico. O filme é bem bom, mais por méritos do diretor e do roteiro (Jude Law também está bem bom, rejuvenescendo o pacato Watson sem tirar a identidade do personagem). E Downey Jr. também funciona, mas esse personagem não é o melhor detetive de todos os tempos antes da aparição do Batman. Aliás, quase não dá pra reconhecer o ar britânico no personagem, fora o sotaque. Cadê a austeridade? Cadê a fleuma? A sutileza? Nem tou reclamando da agilidade da história, do Sherlock correr mais em um filme do que em todos os livros do Conan Doyle juntos e nem da cena (desnecessária, mas bem resolvida) da luta livre. Mas esperava um pouquinho mais de wit e menos tiração de onda. Quem sabe, no segundo (afinal, é óbvio que o filme inaugura – mais – uma série).

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Cardoso disse:

    Achei EXATAMENTE a MESMA coisa.

    🙂

  2. joilson disse:

    já deu pra essa pinta de cheirador recuperado do downey jr.
    o que parecia ser um bom ator ficou um cara de um personagem só.
    um desperdício este sherlock dele.

  3. guilherme disse:

    eu achei que transformaram o sherlock holmes no 007. mas a lembrança do tony stark é justa tb!

  4. Marco disse:

    Li em algum lugar que o filme não é baseado na obra do Doyle, mas numa comic book do Lionel Wigram, que aí sim foi inspirada no Canone do Holmes… Isso explicaria toda a diferença entre os personagens.

  5. Vitor Carvalho disse:

    Eu achei curioso as linhas pararelas entre o filme Sherlock Holmes e a série House. Não em relação aos personagens, o House já sabemos que é um Sherlock Holmes que resolve casos médicos em vez de casos policiais, e durante o filme as discussões entre o Sherlock Holmes e o Watson eram muito similares com as da relação entre o House e o Wilson da série. Mas principalmente na escolha dos atores: House (ator inglês fazendo de americano), Wilson (ator americano) e este Sherlock Holmes (ator americano fazendo de inglês) com o Watson (ator inglês). Coincidência, ou eu que tou vendo muito House ultimamente? 😛

  6. Acho q vc tah vendo mto House sim (nao q isso seja um problema), mas ao mesmo tempo tu nao eh o primeiro q faz esse paralelo entre o novo filme e a serie (embora tua comparacao Wilson/Watson e sobre o pais de origem dos atores tenha sido foda, hehehe).

  7. Rafael M. disse:

    Até hoje os mais excentricos e fãs das series originais reclamam de um filme novo do assunto. Mesma coisa com Start Trek, é a mesma de sempre. Se vai ser um filme novo, então ele NÃO vai seguiir a mesma tática de filmes anteriores, senão fica tudo a mesma coisa. Pra mim, Sherlock Holmes é forte candidato pra ser o melhor filme que eu vi em 2010, e com certeza está entre os melhores que eu já vi em toda a minha vida. Robert Downey Jr. (sherlock holmes) encorporou muito bem o personagem, assim como o Jude Law (Watson). A forma como o filme mostra que a mente dele é um caos, e ainda sim ele acha ordem nisso é muito bem preparada. Não tenho nada a reclamar do Sherlock Holmes. Trilha sonora ótima, cenário ótimo, escolha de atores ótima, roteiro ótimo. 10/10

  8. 10? Se o filme levar 7, tah no lucro.

  9. Marco disse:

    “Sherlock Holmes é forte candidato pra ser o melhor filme que eu vi em 2010,” – Ainda bem que o ano recém começou…

  10. mais um filme do Downey Jr. com uma enrolação pra dar a deixa para uma sequência, mas sem reclamação. Só fico curioso para saber quem fará o papel de Moriarty.
    Gostei do filme, das referências sútis e, por não ser tão obsecado, não acho que as diferenças entre os livros e o filme sejam muito graves. o filme funciona muito bem sozinho sem ficar fraco, o que é muito raro em adaptadações. nota 8 e tá ótimo.

    agora, melhor filme do ano? tomara que não. mais filmes bons esse ano, por favor.

  11. SamSpade disse:

    Bom, pelo menos o Robert Downey Jr. e o Sherlock Holmes têm uma coisa em comum, e ela não envolve exatamente fumar um cachimbo.

  12. Fernanda disse:

    Francamente, eu tenho os livros do Sherlock Holmes, leio-os já há quase 15 anos e pra mim o personagem ficou mais bem retratado do que de costume. Não vejo fleuma alguma nele nos livros, pelo contrário, sempre me pareceu que o certinho das estórias era o Watson, Sherlock é msm estranho!!!! Aliás, só o que me deixou chateada é não terem aproveitado a onda de “cheirador recuperado” do Downey Jr. pra escancarar o quão viciado é o Holmes dos livros, como ele fica apático e perdido quando não tem um caso que atraia a atenção dele! Ainda vou esperar que num próximo filme coloquem aquele trecho logo do início do Signo dos Quatro em que o Watson dá um esporro no Sherlock por causa do consumo dele de cocaína!!!! Ia ser totalmente fiel ao personagem e, no caso, ao ator tb (rsrsrsrs), espero que role!!!!

  13. Fernanda disse:

    E outra, será que daqui pra frente o Lestrade vai ficar pamonha e presunçoso que nem nos livros? Pq no filme ele tava quase que meio competente (kkkkkkkkkkkkkkkkkk)…

  1. 27/01/2012

    […] aqui vai a lista de referências: • Exposicao Miles Davis • Sherlock do Robert Downey Jr. • Tintim • Luiza Está no Canadá • Pinterest • Clarisse Lispector • Dicas da Vovó • […]