O disco de versões do Lambchop

Lambchop2020

O grupo norte-americano Lambchop, mestres do country moderno, acaba de anunciar o lançamento de seu décimo quarto álbum, um disco inteiro dedicado a versões de músicas alheias, uma escolhida por cada integrante do grupo. Trip começou a partir de uma ideia do líder e principal compositor do grupo, Kurt Wagner, que queria “ver o que aconteceria se eu me retirasse do processo o máximo que pudesse” e assim seus companheiros de banda escolheram músicas do Stevie Wonder, das Supremes, de George Jones, dos Mirrors e de James McNew, do Yo La Tengo. Para abrir o disco e os trabalhos do álbum que será lançado em novembro, o grupo foi com a música escolhida pelo baterista do grupo, Matthew McCaughan, que pinçou “Reservations” do Wilco. Ele comentou sobre sua escolha:

“Gosto de dizer que ‘Reservations’ do Wilco é uma música que sempre quis fazer uma versão, mas, honestamente, depois que um amigo mencionou isso em uma história, tive que voltar e ouvi-la novamente. Escolher uma versão é estressante para mim. É uma coisa meio idiota para se estressar, mas tantas músicas têm memórias ligadas a elas, e eu não quero obscurecer essas memórias. Geralmente escolho uma daquelas músicas que eu sinto que se encaixaria na banda, mas então vou e volto, pensando na melhor maneira de abordar o arranjo. Devemos honrar o original e tentar recriar fielmente todos os sons e feitos que tornam a música especial para mim ou devemos desmontá-la e começar de novo? Em seguida, acrescente o fato de que a versão será gravada e preservada para sempre. Eu não conseguia pensar em uma música que não pudesse servir de argumento para ambas as abordagens, então sempre terminava em um impasse para uma só pessoa. Então decidi que escolheria uma música que, embora eu a ame e saiba disso, não fosse uma que tivesse sido repetida por meses em algum momento da minha vida, nem que estivesse permanentemente ligada a alguma lembrança minha própria. Em vez disso, usei as memórias e lembranças de minha família e amigos com ou sem a permissão deles. Assim eu estragaria tudo para eles. Mas é o pensamento que conta.”

E a versão ficou linda, mesmo esticando-se por treze minutos:

Trip já está em pré-venda e abaixo segue sua capa e a ordem das músicas.

TRIP-lambchop

“Reservations” (do Wilco)
“Where the Grass Won’t Grow” (de George Jones)
“Shirley” (dos Mirrors)
“Golden Lady” (de Stevie Wonder)
“Love Is Here and Now You’re Gone” (das Supremes)
“Weather Blues” (do James McNew do Yo La Tengo)

Você pode gostar...