O disco de rock de Frank Jorge

frankj

Conversei com o papa do rock gaúcho Frank Jorge sobre seu novo disco, Escorrega Mil Vai Três Sobra Sete, que está sendo lançao nesta sexta-feira – um disco conceitualmente de rock que soa propositadamente datado (embora ele discorde) – e aproveitei para conversar sobre a demora para lançar um novo álbum, o que ele anda ouvindo e sobre a morte de Júpiter Maçã, além de pedir para que ele dissecasse o novo disco:

frankjorge-escorrega

Por que o disco demorou para sair?

Rock gaúcho enquanto conceito


Disco de época?



O que você anda ouvindo?

As pessoas estão menos interessadas por música?

Sobre a morte Júpiter Maçã

A morte de Júpiter influenciou o disco novo?

Show de lançamento?

“Não é Tão Real”

Ouça “Não é Tão Real”

“No Horizonte”

Ouça “No Horizonte”

“Sempre Procurando”

Ouça “Sempre Procurando”

“Mais Além”

Ouça “Mais Além”

“O Viajante”

Ouça “O Viajante”

“Só Distância”

Ouça “Só Distância”

“Nicodemo”

Ouça “Nicodemo”

“Dor e Silêncio”

Ouça “Dor e Silêncio”

“Turma 8”

Ouça “Turma 8”

“Quinze Minutinhos”

Ouça “Quinze Minutinhos”

“Hey Hey”

Ouça “Hey Hey”

“Até o Sol Aparecer”

Ouça “Até o Sol Aparecer”

Você pode gostar...