Nem Tom Zé salva a música nova dos novos Mutantes…

Não sei porque eu ainda dou bola pra isso, me parece um misto de pena com compromisso histórico, mas, sei lá. A cada música do disco novo (que agora tem nome, Haih or Amortecedor) dos novos Mutantes que aparece online, a banda me soa cada vez mais sem graça, genérica, desimportante. E seguindo com seus contatos no mundo indie americano, dessa vez foi o Stereogum quem levou o novo MP3, mas Brandon Stosuy não me parece muito convicente ao descrever a faixa:

“The track, co-written by Sergio Dias and Tom Zé, feels like it should usher a love story into a psychedelic barnyard-themed musical. This is a good thing. Clearly.”

Claro. Ouvindo daqui, percebo um Tom Zé como coadjuvante de luxo não acrescentar nada a uma musiquinha boba, que revive a manha do Simonal de cantar “País Tropical” pela metade, o timbre de guitarra de “Dia 36”, a gagueira de “Qualquer Bobagem” e o vocal de propaganda da nova vocalista Bia Mendes. Incredible String Band, Stereogum? Não força… (Isso sem contar essa capa horrorosa, que faz o departamento de arte da falecida Paradoxx parecer o Hypgnosis.)


Mutantes – “Anagrama

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. wb disse:

    hahahaha.. o melhor foi o comentario sobre a capa.
    me fez mesmo lembrar as capas de disco da paradoxx e porque nao, da cogumelo records.

  2. Heitor Humberto disse:

    É oficial essa capa? Não pode ser. Sérgio Dias deve ter chamado o sobrinho pra fazer a capa. No Paintbrush.

  3. Strat disse:

    Sem deméritos em pauta, mas acredito que os barbados acimam tenham adorado a capa biscoito do disco da Mallu Magalhães, não? Tudo bem falar mal, desde que haja critério. Agora, ver moleque bobo baba-ovo de tudo q é neo-tralha detonando merece uma mijada por cima… abs

  4. Marçal, vai arrumar confusao em outra freguesia, bicho. Defender Mutantes do Sergio Dias usando Mallu no contra-ataque e ainda falar em “criterio”? Toma um rumo na vida, rapah…

  5. Que horror! Tenho essa fonte no meu PC. Todo mundo deve ter, chama-se “Chiller”. Nome de disco feio, também. Não consegui ouvir a música oO

  6. Marco Antonio disse:

    Hehehe, só uma pergunta, voces ouvem a capa do disco, ou ouvem o disco? kkkkkkkkkkk Grande coisa a capa, importa é a musica. Talvez a aguia da capa fosse toda colorida, tipo uma aguia-emo kkkkkkkkkkkk alguns aí iriam gostar Sem maldade tá! kkkkkkkkkk