Música do ano?

Não sei ainda, mas parece que “Crazy” segue esse rumo…

Você pode gostar...