Michael Kiwanuka já está em outro patamar

MichaelKiwanuka

Em seu terceiro disco, batizado apenas com seu sobrenome, o cantor e compositor norte-americano Michael Kiwanuka se consolida como um mestre em ascensão – ele mistura doses graves e pesadas de teclados, guitarras e baixos de forma a jogar suas canções para o território do jazz funk sem necessariamente deixá-las de soar soul, como se Marvin Gaye e Gil Scott-Heron pudessem habitar os mesmos cérebro e coração. Discaço – seu melhor disco e sério candidato a disco do ano.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *