Machete, por Annix

Ela viu, não se conteve e eu pedi o texto, aproveitando seu entusiasmo. Annix, lá do velho continente, conta seu êxtase a assistir o novo filme do Robert Rodriguez, só pra quem lê o Trabalho Sujo. Que emoção:

Saí da sessão de Machete com a impressão de ter visto um novo clássico, daqueles que você precisa assistir de novo porque é difícil decidir qual a sua cena favorita.

E grande parte disso se deve ao elenco. De alguma forma, Rodriguez conseguiu fazer com que Robert De Niro, Steven Seagal, Don Johnson, Jeff Fahey, Jessica Alba, Lindsay Lohan, Cheech Marin e Michelle Rodriguez dessem o melhor do pior de si em papeis improváveis, com interpretações melodramáticas. E fica evidente como todos se divertiram.

Especialmente o canastrão-mestre Seagal, que ficou de fora do Buena Vista Social Club do Stallone. Mas algo me diz que ele levou a melhor, encarnando o mexicano menos mexicano já visto no cinema. Como nêmesis do renegado Machete, acaba virando um contraponto engraçado em relação ao herói sério, letal e silencioso de Danny Trejo.

E não se levar a sério é o golpe de mestre do filme. Afinal, nascido de um trailer falso feito para outro projeto, Machete tem a liberdade de ser excessivo, absurdo, cômico, sentimental, sanguinolento e empolgante, tudo ao mesmo tempo. Um filme B que não existia passou a ser uma compilação de tudo que o gênero tem de melhor: um justiceiro solitário em busca de vingança, vilões que são maus mesmo, gostosas empunhando metralhadoras, armas pesadas em abundância, explosões, carros e roupas de couro – tudo isso transportado para a fronteira com o México, onde os personagens comem tacos, bebem tequila, os homens usam bigodes e as gatas passam boa parte do tempo com pouca ou nenhuma roupa. É o clichê do clichê, mas tão bem empregado que se torna surpreendente.

E bom.

Danny Trejo pode agradecer a Robert Rodriguez pelo papel de sua vida. E pensando bem, a gente também.

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Ricardo disse:

    Oi Alexandre!
    Vc não imagina minha alegria ao ler o post do Machete e descobrir que a minha anfitriã em amsterdam é a Annix!
    Abs

  2. john woo disse:

    bom..eu vi um filme diferente.
    primeiro decepção por não ser estilo Grindhouse de Afert Efx.
    o filme sai de trailer de franquia bem emplacada pelo Troublemaker Studios, pra não se parecer em nada com o estilo de sessão dos outros dois: DeathProof e Planet Terror
    Dany Trejo é carranca braba, mas o diretor nao aproveita o personagem , Robert Deniro
    sem graça, meio Tio.
    Jessica Alba linda e gostoa, Lindsay lohan linda, gostosa e cheirada… filmagem cafona e sem graça o fim. Mano…tenho certeza que o Tarantino não gostou…Eu fui com o filme comprado e let me down.
    Robert Rodriguez é mestre de Sin City e Dronk no Inferno, qual foi mano?

  3. john woo disse:

    melhor parada, são os cartazes