Lost e as perguntas respondidas

Se você não viu o episódio passado, cuidado com os spoilers abaixo. Se você viu, se segura:

Hector acertou em cheio, hein. E reparem no padrão: sempre que um episódio em que diversas perguntas cruciais são respondidas, pouca coisa acontece em relação à história principal, como se os autores frisassem o tempo todo que a história dos passageiros do 815 que a briga entre Jacob e o Men in Black (que é uma corrente magnética, um Dr. Manhattan steampunk, não?). O Gabriel ainda me passa esse vídeo dos cursos abertos do MIT em que o professor Walter Lewin explica a Lei de Faraday (a partir dos 5:26) e que pode explicar as duas realidades que estamos assistindo nessa temporada. E como perguntar não ofende, e se o fumaça preta escapou da ilha pelo fundo do mar e deu origem a um certo monstro?

Você pode gostar...