Kalouv e a psicodelia digital

kalouv

Às vésperas de participar da edição deste ano do festival Coquetel Molotov, quando recebem Benke Teixeira dos Boogarins como convidado, o grupo instrumental Kalouv prepara o lançamento do disco Elã, que vem sendo revelado pouco a pouco – primeiro o grupo revelou a faixa “Pedra Bruta”, a faixa de abertura que conta com a participação de Sofia Freire, e agora, em primeira mão no Trabalho Sujo, revelam o clipe de “Moo Moo”, deixando bem clara sua inclinação para gêneros instrumentais modernos como chillwave e vaporwave, para além do instrumental psicodélico-jazzístico característico do grupo, já em seu terceiro disco.

“A estética vaporwave influenciou bastante, tanto na escolha por Rollinos para fazer o clipe, como na composição da música”, explica o guitarrista Túlio Albuquerque, falando sobre o diretor do clipe, Gabriel Rolim. “Durante as turnês do ano passado escutamos bastante o Floral Shoppe do Macintosh Plus. No projeto, a Vektroid faz a desconstrução de canções clássicas dos anos 80. Isso acabou nos aproximando tanto das faixas originais como das versões vaporwave. A vibe de músicas como ‘Tar Baby’ da Sade e ‘You Need a Hero’ do Pages foram o ponto de partida no desenvolvimento do ‘Moo Moo’. Isso está presente na escolha dos timbres, como o teclado de ‘vozes’ no começo, as guitarras com chorus e reverb, os delays da bateria, até a escolha de adicionar as partes cantadas. Um caminho bem diferente do que já fizemos até aqui.”

Mas a psicodelia digital não veio só dessa onda retrô moderna. “‘Moo Moo’ também é uma homenagem às trilhas e jogos de videogame”, continua o guitarrista. “Crescemos jogando e até hoje isso é muito presente nas nossas vidas. Então podemos dizer que a faixa acabou tendo pequenos traços de várias épocas de Game Music. Seja de clássicos como a ‘Aquatic Ambience’ de Donkey Kong Country e ‘Slow Moon’ de Streets of Rage 2, até coisas mais recentes como as trilhas de Faster Than Light, Machinarium, Dungeon of the Endless, Hotline Miami e FEZ. Isso se estendeu pra o clipe, que brinca com imagens de jogos do Super Nintendo, como Harvest Moon, Earthbound e Chronno Trigger.”

O grupo se empolgou tanto que até criou uma playlist com as músicas de videogame que o inspiraram nessa nova fase.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *