Hot Chip – One Life Stand

Talvez seja uma questão de ponto de vista, mas o fato é que o quarto disco do Hot Chip não deve ser encarado como um disco de dance music. Apesar das primeiras faixas a aparecer – o single “Take It In”, a faixa-título num clipe e “Thieves in the Night” que abre o disco – darem a entender que o grupo segue firme na pista de dança, One Life Stand é quase um álbum de baladas que, sinal dos tempos, apegam-se a uma batida. É o clima de melancolia e solidão que une não apenas as faixas citadas como todo o resto do disco, com o grupo regredindo sua personalidade robótica rumo à sombra e à noite do rock inglês dos anos 80. Por isso, não se distraia com o vácuo retrô de “I Feel Better”, que tenta recauchutar “La Isla Bonita” à base do autotune, e vá direto nesta “Slush”, que, apesar do solfejo inicial, resume o clima do disco num piano.


Hot Chip – “Slush

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Gustavo Mini disse:

    … lembrando que o primeiro disco do Hot Chip era mais discreto e menos dançante também… retorno às origens?

  2. mantenho que a faixa-título tem um synth igual ao de Cobrinha Fanfarrona do João Brasil.