Hip hop database

Projetinho: reunir todas as letras de rap num só banco de dados, tornando possível descobrir que rapper usou mais a palavra “damn” ou “joint”, quantas canções citam nomes de outros rappers, quem foi o primeiro cara a usar o nome de um programa de TV numa faixa. Ou questões que você nunca parou para imaginar: qual era a marca de champanhe mais popular entre os rappers entre 1993 e 2003? Morar em lugares com maior altitude torna os rappers mais propensos ao gangsta rap? O Hip-Hop Word Count foi bolado pelo nova-iorquino Tahir Hemphill, que se dispôs a reunir mais de 40 mil músicas num só software de cruzamento de dados para chegarmos às cruciais respostas a estas cruciais questões. Meteu o projetinho no Kickstarter, atingiu sua meta e em breve teremos essa maravilha à nossa disposição.

Você pode gostar...