Fernando Henrique Cardoso, Bill Clinton, Paulo Coelho, Drauzio Varela e a legalização das drogas

Quebrando o Tabu, um filme produzido por Luciano Huck (sério).

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Bruno disse:

    Isso que dá deixar o assunto quicando… Vem um filmeco desse. Já gostei do Bush pai falando contra as drogas nos ANOS 90, seguido da legenda “há 40 anos os EUA declaravam guerra as drogas”.

  2. Bruno disse:

    O FHC tirando o corpo fora também é brilhante.

  3. Tiago disse:

    Posso estar errado, mas já vi algumas dessas entrevistas/videos em um documentário internacional sobre o mesmo assunto na época da votação gringa para legalização da maconha…

  4. Alberto disse:

    (Angel Dust)

    – Luciano quer dar uma fungadinha no pó em cima da Angélica dentro sua mansão, cenário bem mais glamouroso em comparação a quem irá consumir na rua…

    Globais tsc tsc tsc

  5. Alberto disse:

    …ou nas cadeias

    Só de ter o Paulo Coelho no meio, tira toda a credibilidade do documentário

  6. Iam disse:

    todo apoio é bem vindo, mas a legalização já teve apoiadores melhores…

  7. Bruno Maia disse:

    Se não estou enganado, o diretor é o irmão dele (L Huck), que é o mesmo que fez aquele doc “Coração Vagabundo”, do Caetano. Fraquíssimo, por sinal.

  8. Cícero Fraga disse:

    Ano passado também foi lançado o Cortina de FUmaça, também com a participação do Fernando Henrique Cardoso e muitas outras “autoridades” afirmando que, a política de combate às drogas não deu certo e seguir por esse caminho certamente não é o melhor. No site http://www.cortinadefumaca.com é possível ver a lista de entrevistados nacionais e internacionais. O filme é do carioca Rodrigo McNiven e tem entusiasmado muita gente que o assiste. Acho que o filme já está inteiro no YouTube. Ele será exibido pela segunda vez na UnB, aqui em Brasília. ABraço!

    Dá uma olhada no trailer: http://www.youtube.com/watch?v=2GbqujLL5Ek&feature=player_embedded

  9. Cícero Fraga disse:

    Ano passado também foi lançado o Cortina de Fumaça, também com a participação do Fernando Henrique Cardoso e muitas outras “autoridades” afirmando que, a política de combate às drogas não deu certo e seguir por esse caminho certamente não é o melhor. No site http://www.cortinadefumaca.com é possível ver a lista de entrevistados nacionais e internacionais. O filme é do carioca Rodrigo Mac Niven e tem entusiasmado muita gente que o assiste. Acho que o filme já está inteiro no YouTube. Ele será exibido pela segunda vez na UnB, aqui em Brasília. ABraço!

    Dá uma olhada no trailer: http://www.youtube.com/watch?v=2GbqujLL5Ek&feature=player_embedded

  10. RX Urien disse:

    Que merda hein

  11. milena disse:

    independente de quem tá produzindo, dirigindo ou aparecendo nesse filme, a questão que está sendo colocada é importantíssima. a sociedade somos nós e somos aquilo que votamos, que escolhemos, que defendemos. a gente sabe que falar de droga e que defender a legalização da maconha no nosso país é um tabu ainda, mas só o fato disso estar repercutindo e gerando debates, questionamentos, produção científica, já é de grande valor. independente se você é a favor ou contra a legalização, se você gosta ou não de luciano huck, você é sociedade antes de mais nada. sociedade é assumir esse compromisso de se impor, de se representar e representar aquilo que acredita porque, né “o futuro do país está nas nossas mãos”.

  12. Rodolfo disse:

    Independentemente da minha opinião ou da de vocês, a única pessoa que fez um comentário coerente com o tema em discussão foi a MILENA. Não posso dizer nada melhor do que isso… talvez nem vocês.

  13. É importante ressaltar que legalizar é DESCRIMINALIZAR, e não significa poder fumar maconha em escolas ou lugares públicos como alguns pensam! Na Holanda, por exemplo, onde a maconha é legalizada existem lugares específicos onde se pode usar. Não são todos os pubs que permitem e tampouco pode se fumar em local público. Antes de julgar é preciso ENTENDER COMO FUNCIONA a legalização. Também seria proibido para menores assim como o álcool e o cigarro… mas diminuiria a violência do tráfico, o que é algo considerável. Entendam melhor no BabadoEconfusao.Com

  14. felipe disse:

    que porra é essa de baseado amarrado numa bala?

  15. Gabriel disse:

    a guerra às drogas foi proclamada por nixon ha 40 anos, bush aparece no filme em outro momento

  16. Guilherme Fassy disse:

    Quem fala que droga é legalizada na Holanda precisa se informar melhor. Morei lá. Ela é tolerada, o que significa descriminalizada, o cara que fuma não é visto como o que injeta. Mas o governo tolerar não é a mesma coisa de ser legal. O país não gosta, Amsterdam é o puteiro do mundo, com nego viajando pra lá para tocar o terror em despedidas de solteiro que nunca rolariam em seus países natais e recentemente o governo subiu uma lei permitindo que apenas cidadãos holandeses possam consumir maconha nos coffee shops. Poderia falar muito tempo sobre isso, morei lá por 2 anos, é um país que tem uma política bem definida sobre o assunto, mas que tenho CERTEZA, só funciona lá, pois a cultura é evoluída. Não funcionaria em outro lugar, acreditem em mim.

  1. 06/06/2011

    […] mundo falando do filme do irmão do Luciano Huck, mas tem esse outro aqui olha… « Me & the Plant ao vivo | » Por […]