Ed Motta não tem espelho em casa


“…é de… uva?”

Como dizem no Twitter: Ed Motta, “seu lindo”:

“[Estou] em Curitiba, lugar civilizado, graças a Deus. O Sul do Brasil, como é bom, tem dignidade isso aqui. Frutas vermelhas, clima frio, gente bonita. Sim porque ooo povo feio o brasileiro, (risos). Em avião, dá vontade de chorar (risos). Mas chega no Sul ou SP, gente bonita compondo o ambiance (risos)”, escreveu.

“Mulher feia tem que ser mega competente (risos). Se não, é Paula Toller nas cabeças (risos). Linda, burra e sem talento. (…) Mulher feia tem que cantar igual Sarah Vaughn, se não eu não tenho tempo hahaha!”.

“Ô, xará, aprende comigo que é o máximo que você, mortal medíocre, pode fazer. Eu estou num plano superior, te respondi só porque tens o meu nome, mané. Essa porra é um lixo e eu tenho pena de ignorantes como você… Brasileiros… A cultura que eu vivo é a CULTURA superior. Melhor que a maioria, ‘ya know’ [sabe]?”

Ou “na falta de uma boa assessoria de imprensa, deixa que eu chuto”. Não custa lembrar um dos grandes momentos de sua carreira não-musical, quando foi humilhado em cadeia nacional pelo APJ (lembram da “resenha” do Ricalex?):

Acho que isso é falta de amigo… Devia rolar um movimento “me add motta”, sei lá…

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Lamentável…

    Mas ainda admiro o artista além do homem

  2. Bruno disse:

    Ou então o cara tava de pilha com os amigos. Txt lido não tem entonação, vai saber. Se toda merda que nego falasse entre amigos fosse parar na Folha… Apenas ventilando a possibilidade, sei lá qual é a dele.

  3. leidi disse:

    Nossa esse homem maravilhoso, olhos azuis, cabelos loiro e lisos, corpo ariano musculoso me chamou de feia?? Vou me matar!!!!

  4. luciano disse:

    Ele já havia feito um ensaio dessas bobagens em uma entrevista para a revista Contigo.
    Elitismo dos mais burros…

    http://contigo.abril.com.br/noticias/edna-lopes-ed-motta-amor-discos-familia-filhos-569388

  5. Wil disse:

    Excelente artista. Mas todo excesso deixa muito over. Mas sobre o vídeo… pô, dando uma trafegada pelos jornais e revista aqui do país, a gente vê casa mané falando de música. Aí, não dá.

  6. Quando o Ed Motta tinha uns 19 anos e eu uns 14/15, ele vivia na TV fingindo que manjava de HQ. Chamavam ele para dar palpites furados sobre o assunto e ele enganava bem, já que pouca gente manjava do assunto. Mas ele falava MUITA merda. A única coisa que ele curtia eram uns gibis belgas meio obscuros, mas mesmo sobre eles ele só falava besteira. Um dia ele foi no Matéria Prima (lembra desse programa?) e falou umas abobrinhas muito bicudas sobre o Frank Miller – bem na época do Cavaleiro das Trevas e do Ronin – para concluir que o cara era “uma porcaria”.

    Corta prá 20 anos depois. Ano passado eu tava trocando idéias com 1 camarada, tão fissurado por HQ quanto eu, no twitter, e não sei por quê um de nós lembrou dessa passagem dele pelo Matéria Prima. Comentamos algo como “que zé-ruela que era esse Ed Motta. Leu Frank Miller, não entendeu, e saiu falando que era uma porcaria”. Beleza. Horas depois, eu e meu camarada fomos brindados com um tweet do Ed Motta HIMSELF justificando as bobagens que havia dito do Frank Miller 20 anos antes, que ainda achava FM uma porcaria e que legal mesmo eram as tais HQs belgas que ele curtia. E que Zé-ruela era a gente. Detalhe: a gente não tinha citado @edmotta nos nossos tweets e nem usado nenhuma hashtag que ele pudesse rastrear. Deu até pena. Imaginamos um cara sozinho em casa, o dia inteiro dando buscas no twitter pelo próprio nome. Fiquei com dó, pô. Até dei reply pro cara falando das HQs belgas que eu curto. Ele respondeu que curte HQ americana tbém, Chris Ware e tal. Comecei a segui-lo. Nos dois dias seguintes a essa troca de tweets, ele passou o dia inteiro postando HQs supostamente “desconhecidas” para mostrar que manja do assunto. Para mostrar PRA MIM!

    Coitado.

    Ele precisa de amigos mesmo.

  7. Paulo Diógenes disse:

    Esse figura é deprimente. Pensa que é americano, que vive num mundo culturalmente elevado porque toma vinho caro e coleciona vinil, compra uns quadrinhos belgas e, portanto, é gênio da raça. Não à toa, mestre Tim Maia achava o cara um porre. Vai embora pra europa, seu fdp colonizado, fascista de merda. É impressionante como cada vez mais, de modo distraído e quase inconsciente, as pessoas tem liberado seu lado extrema direita pelas redes sociais.

  8. João disse:

    Ficando só na música que ele produz, bem, ela é uma merda. Quando não é ruim, trata-se apenas de um oportunista querendo demonstrar conhecimento, sem, entretanto, ter conteúdo. Tal como no caso das HQ’s.

  9. Frank disse:

    unfollow no zé ruela

  10. Vandecreiso disse:

    Eu seu que ele ouve Jamiroquai escondido.

  11. cics disse:

    BU RU BU BÁU
    BIRIBIRIBIRIBIRI yEah YEAH yEAh

    #MEADDMOTTA

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  12. Filipe Rabelo disse:

    Muita pressão histórica/familiar sobre o talento do cara, desde novo. Se achava melhor que o tio, não aprovava aquele jeitão suado e sacana do carioca típico, e foi se “moldando” à forma (sem rigor de conteúdo) da sofisticação. Por que mora no Brasil? Porque fora daqui é um simples latino. E por ai vai. Tá tudo lá no Dr. Freud.

  13. RX Urien disse:

    Não sou fan do cara, mas po, vcs exageram! O cara não falou nada demais, sem contar que da pra notar o tom de brincadeira e ironia. Vamos ser menos sensasionalistas com nós mesmo galera, afinal, todo mundo ja riu ou contou uma piadinha de preto, judeu, portugues etc São apenas piadas, ficção. No final das contas o que importa é a liberdade de expressão. Temos que rir mais de nós mesmos, perder essa postura politicamente correta a la tv globo… O mundo inteiro ri de si mesmo, porque só nós os brasileiros certinhos não podemos zoar nossa própria feiura e falta de cultura?

  14. Steve disse:

    Mas afinal o Hurtmold conseguiria fazer um Poptical ? O Ed dá de 10 a zero nesta galera que ele “tão bem criticou”.

  15. Fred Costa disse:

    É a patrulha da Internê RX Urien. Todo mundo tem uma opinião sobre tudo, mas só algumas opinães valem. É um trabalho sujo, se é que você me entende…

  16. Gyowanny disse:

    O problema é que o Ed Motta, como pessoa pública, expôs um péssimo exemplo na internet, um canal de divulgação em massa. Como texto lido não tem entonação, fica a livre interpretação e o que percebe-se é que a grande maioria não gostou do que foi dito. E realmente, parece que ele não é feliz no lugar onde vive, e ainda, numa época de tantas lutas contra preconceitos acho sim que ele exagerou. Infelizmente ele não é o mais indicado para falar de “feiura”, sendo gordo, careca e dentuço. Aliás, a maior feiura dele é se sentir superior aos outros. Triste.

  17. RX Urien disse:

    O mais interessante desse caso é como todos levam a sério a “beleza”… Como se a beleza fosse uma instituição imaculável que não pudesse ser citada por gordos, pretos, dentuços e obviamente pelos feios. Quem será que é o preconceituoso nesse história mesmo?

  18. ed disse:

    acho que as pessoas que vai de contra a ed mota sao pessoas que nao tem que tirar o chapeu pra ele pq ele é o cara mesmo a musica que ele fas aqui quase ninguem fas i ele ta certo quando disse que alvaro pereira nao sabe nada de musica pq nao sabe mesmo
    entao galera se liga

  19. Roberto disse:

    Esse Ed Motta quer aparecer nas custas de artistas da elite como nossa Paula Toller.
    Quem não tem talento é ele ! Ridículo, músicas ridículas, comentário é tão ridículo quanto ele.
    A Paula é insuperável, uma Deusa de voz e talento imensurável!
    Precisa se olhar no espelho, por que o que você vê e fala das pessoas é á sua própria imagem!!!