Você pode gostar...

4 Resultados

  1. YCK disse:

    Não acho que seja por respeito à obra, então eu arriscaria dizer dinheiro.
    Estava vendo outro dia o extra dele filmado pela Vivian Kubrick e, pqp!, como é louco ver o jeito que o Kubrick trabalha e escolhe os takes.
    Engraçado eles lançarem isso porque lembro de uma história de o blue-ray inglês ter menos tempo que a versão inglesa e, se não estou sendo enganado pela sugestão do post, eram 24 minutos cortados.
    Também existem boatos sobre os takes da máquina de escrever em diversas línguas e uma cena do Halloran sendo morto bem maior que a original.
    Não sei se seria um director’s cut, porque o Kubrick dizia preferir a versão curta e era a que ele chamava de oficial, mas é só o que me pergunto nesse momento: algum cinema de São Paulo tem peito para trazer isso para cá?

  2. dindin@dindin.com disse:

    R: $.

  3. Raid disse:

    Já tinha visto essa notícia do prequel em outro lugar, mas não sei pq, na hora me veio a mente a sequência de Touro Indomável que estão filmando nesse momento. Sem De Niro, sem Pesci e sem Scorsese. Coisa de louco essa Hollywood de hoje.

    Ou regravam, ou fazem sequência/prequência, ou adaptam de quadrinhos/livros/desenhos/brinquedos ou até memes.

  4. Annix disse:

    Vi no cinema aqui o que chamam de “versão americana”, com 144 minutos (tá rolando um festival Kubrick no http://www.eyefilm.nl/en ). A “versão europeia” tem 119 minutos, se não me engano, e é a que deve ter sido lançada no resto do mundo. Aqui tem uma lista das cenas cortadas, se alguém quiser saber : http://movie-censorship.com/report.php?ID=1215