Dogão é mau!

Rick Bonadio deu uma entrevista inacreditável ao Bezzi:

Como foi o seu início na música?
Estudei música clássica, regência, entrei na USP, mas queria fuçar em estúdios. Minha mãe era costureira e professora de piano e quando fiz 16 anos me emprestou US$ 5 mil para eu abrir um estúdio no quintal de casa. Montei uma dupla de rap no início dos anos 80, Rick e Nando. Todo mundo pensava que era uma dupla sertaneja (risos). Imagina tocar rap nessa época. Mas foi assim que conheci o (o produtor e jurado de Astros) Arnaldo Saccomani. Foi aí que comecei a produzir.

Nesse começo, você produziu a dupla de palhaços Atchim e Espirro. Como alguém que veio do rap foi produzir dois palhaços?
Eu não era preto e não vivia na galeria no centro da cidade. Gostava era da música. A ideia do Atchim e Espirro era fazer uma coisa mais eletrônica, com umas baterias mais programadas. Modernizamos o Atchim e Espirro.

E você produziu junto ao Rafael Ramos o primeiro disco do Los Hermanos. Gostaria de voltar a trabalhar com eles?
Nunca. Los Hermanos é insuportável. A banda mais chata que eu já ouvi na minha vida. Naquele primeiro disco que eu produzi eles não eram. Depois piraram.

Mas o que aconteceu?
Eles têm talento, mas uma visão que não tem nada a ver com a minha. São muito pretensiosos. Acham que são muito mais talentosos do que são. Eles renegam Anna Julia, mas se não fosse por essa música não estavam aí. Quem renega o que já fez na vida, comigo não vai funcionar.

E agora você está com os Titãs.
Cresci ouvindo o disco deles e sempre deixei claro que os considero a maior banda de rock do Brasil. Era um sonho produzi-los.

Mas tem como tirar algo novo de uma banda que está prestes a completar 30 anos?
Eles têm um talento inesgotável. Eu não quero fazer mais um disco dos Titãs, não quero que seja igual aos outros. Acabei propondo um lance eletrônico e eles aceitaram imediatamente, mexi nas bases. Tem música que não tem bateria, músicas com vários elementos eletrônicos. É um exemplo de como saber amadurecer e ainda manter essa consciência profissional. Eles são éticos com o som deles, mas não são burros.

Lembrando que Rick Bonadio é o nome por trás de grandes sucessos do passado recente da música brasileira, como Mamonas Assassinas, CPM 22, Rouge, Charlie Brown Jr. e NX Zero.

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. PAblo disse:

    Esse tipo de produtorzinho virou máquina de escrever. Virou CD. Ninguém vai lembrar que eles existiam no futuro. Acabou a farra. Ninguém que tenha o mínimo de talento vai precisar deles mais. E o Titãs… acabou mesmo.

  2. Victor disse:

    Ess aí é um picareta

  3. Sylvio disse:

    HIGHLIGHT: “Los Hermanos é insuportável. A banda mais chata que eu já ouvi na minha vida.”

  4. Bruno Correia disse:

    detesto tudo o que o cara fez, mas ele é coerente.

  5. Gustavo disse:

    “CPM 22, Rouge, Charlie Brown Jr. e NX Zero”

    Não é curriculum, é folha corrida.

  6. Renoir Santos disse:

    Li a entrevista inteira no JT.
    Acho quqe ele deveria tentar se definir melhor; Ou ele fala de arte, ou fala de mercado.
    Não deveria se incomodar com os críticos, afinal de contas, ele não faz arte.

  7. mateus disse:

    CPM 22, Rouge, Charlie Brown Jr. e NX Zero… nem vamos comentar

  8. Tio Ze disse:

    O currículo do cara é muito ruim, mas isso não desmerece a sua declaração sobre os Los Hermanos.

    Nesse ponto, eu concordo com ele. É uma banda pretensiosa e hypada… como os Titãs…

  9. 81X0 disse:

    bem putão, né?

  10. flávia d. disse:

    também acho ele super coerente, só produziu bagaceira, hahahaha!!!

    mas eu adorava o Rouge! o/

  11. Strato disse:

    O que acho escroto é ele se manifestar no lugar dos artistas, pois para a figura talvez a “griffe” dele seja “mais importante” do que a galera com quem ele trabalha.

    Na real, não me surpreendo com nada que ele falou ali e até gosto da autenticidade da figura… abs

  12. Strato disse:

    Na real, não me surpreendo com nada do que o Bonadia fala. Só acho meio escroto ele volta e meia se pronunciar em nome das bandas que produz. E estamos vendo isso rolar até mesmo com os Titãs. abs

  13. heloise disse:

    Vc é gatissímo, não liga o importante vc é d+

  14. Brunno Ricardo Torres disse:

    Sucesso sempre Business Man!

  15. André disse:

    Tem cara que tem a manha de produzir.

    Tem cara que tem a manha de copiar.

    Se você não sabe qual desses é o Bonadio, então você deve adorar CBJ, Mamonas, NX0…

  16. Gostaria de saber onde encontro todas as músicas de vocês, estou montando um CD de músicas infantis para meu netinho o qual já cantei algumas de suas músicas e ele adorou.
    Se alguém puder ajudar eu agradeço.

    Gostaria muito de vê-los novamente na TV.
    Minhas filhas os adoravam

    Grata
    Rosangela

  1. 17/02/2009

    […] Leia a entrevista aqui […]

  2. 01/03/2009

    […] Tudo interminável: uma cidade, um prédio, um trem • • Um bolo de aniversário de Lost • • O “toque de Midas” de Rick Bonadio • • Lesbian Vampire Killers • • Usando as aspas de um jeito “certo” • • Gil […]

  3. 22/12/2009

    […] Dogão – Dogão é Mau: Rick Bonadio nos presenteou com esse cachorro putão cantando um rap wanna be niggar. Cada um tem o Gorillaz que […]

  4. 26/02/2014

    […] Também falou mal da banda no falecido JT em 2009. […]