Como vai ser o seu Planeta Terra hoje?

Hoje começa uma nova etapa pra aquele que já foi o melhor festival brasileiro. O Terra surgiu no vácuo deixado pelo Tim Festival e entre as primeiras edições na Vila dos Galpões lá no fim da Marginal Pinheiros e as mais recentes, no Playcenter, conseguiu estabelecer-se como o principal evento de shows pop no Brasil. O posto vem sendo lentamente ameaçado por três fatores: a bolha de novos festivais no Brasil (que junta um revigorado Rock in Rio com a grife do Lollapalooza e o novato SWU, entre outros), a ascensão dos shows de médio porte no Brasil e o próprio fato de, em sua edição mais recente, que trouxe os Strokes (com ingressos esgotados em menos de uma semana), o festival ter meio que batido no teto de possibilidades para um evento que se vangloriava do rótulo indie. À sua frente, uma encruzilhada – ou seguir buscando um recorte menos populista, sem nomes tão fortes e ganhando pela variedade, ou tentar sair do nicho e tentar trazer artistas ainda mais pop.

A escalação desse ano aposta nas duas opções, mas já queima a largada, de saída, ao perder uma de suas atrações mais fortes em termos de público, com a saída do Kasabian do evento. Ruim para os fãs da banda (não estou entre eles), melhor para aqueles milhares de trintões que esperam o festival para poder assistir sua banda favorita dos anos 90. Fora a primeira edição, todas as outras trouxeram medalhões da última década do século passado: Breeders e Jesus & Mary Chain em 2008, Sonic Youth e Primal Scream em 2009, Pavement e Smashing Pumpkins em 2010 e Strokes e a banda de um dos Gallaghers (ainda existe?) no ano passado. Este ano, Suede e Garbage surgem para seguir a tradição e a saida Kasabian acabou dando mais tempo para as bandas do palco principal. O Suede foi o mais beneficiado, pois deixou de tocar às 17h para começar às 18h30. A banda de Brett Anderson não é propriamente uma atração para se ver com o por do sol.

E assim ficaram os horários dos shows deste sábado:

Palco Indie

13h – Far from Alaska às 13h,
13h50 – Madrid
15h – Banda Uó
16h15 – Little Boots
17h45 – The Maccabees
19h15 – Azealia Banks
20h45 – The Drums
22h15 – Gossip

Palco principal

15h15 – Mallu Magalhães
16h45 – Best Coast
18h30 – Suede
20h15 – Garbage
22h – Kings of Leon

Meu plano é chegar pra ver a Little Boots, depois ver o Best Coast e emendar com o Suede; se rolar, dar um pulo na Azealia Banks, ver um pouco do Garbage, outro tanto do Gossip e cair fora antes do fim do evento, que deve acontecer pela meia-noite, pra evitar a muvuca. Os palcos ficam assim:

E não custa lembrar que o Jóquei é do lado da Estação Butantã do metrô, o que facilita pacas a vida.

E quais são seus planos pro festival hoje?

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Joseph woods disse:

    Eu to ansioso pra ver o show da azealia banks, e da banda uo claro.

  2. fernando coelho disse:

    Heim?
    Tá.