Centro da Terra: Ano 3

centrodaterra2019

Nos dois primeiros anos em que fiz a curadoria de música do Centro da Terra, o teatro no Sumaré surgiu e se consolidou como um ponto importante no mapa musical de São Paulo, reconhecido tanto pelos artistas como palco pronto para experimentações artísticas, estéticas e cênicas quanto pelo público como local de encontro intenso com uma faceta mais íntima do processo criativo.

Ocupando primeiro a segunda, em 2017, e depois a terça-feira, em 2018, como uma forma de reafirmar a importância da temporada e do acompanhamento contínuo de shows complementares, parto para o terceiro ano nesta curadoria buscando lapidar ainda mais o conceito de espetáculo, diferenciando-o de apresentações simplesmente musicais. O foco centrado no palco, sem distrações constantes como conversas alheias e celulares onipresentes, e a busca de um conceito para os shows tornam estes encontros ao vivo fins neles mesmos. Embora temporadas passadas tenham funcionado como rascunhos para projetos futuros, discos e novos shows de vários artistas, em 2019 pede para reforçar a importância do concerto como uma obra fechada e instantânea, que até pode ser registrada para a posteridade, mas que só pode ser vivida plenamente por quem esteve lá. Arte como testemunho, mais do que como consumo.

A temporada segue central: a sessão Segundamente mantém seu padrão de quatro datas para um artista criar uma nova obra contínua, mas a terça-feira começa a abrir espaços para espetáculos únicos, minitemporadas, shows pontuais e oportunidades que possam surgir. Também não iremos anunciar a programação com um semestre de antecedência, anunciando no mês anterior quais serão as atrações do mês seguinte. Tudo isso para instigar artistas a não se guiar apenas pelo mercado ou pelo pop, explorando novas possibilidades e buscando inspiração em lugares inusitados e acolhedores, que podem também causar estranheza e desconforto. Assim será o terceiro ano de música contínua no Centro da Terra, cuja programação começa a partir de fevereiro.

Você pode gostar...