Cantar o aborto

ventre-laico

A artista e ativista Elisa Gargiulo fala sobre o disco Ventre Laico Mente Livre que será lançado em um show na Associação Cecília nesta sexta-feira (mais informações aqui). A coletânea reúne canções inéditas das artistas Mulamba, Juliana Strassacapa (em seu primeiro trabalho solo fora do grupo Francisco El Hombre), Luana Hansen, Brisa Flow, além do Dominatrix, histórico grupo de Elisa, e escolhe o aborto como questão central no feminismo atual, fazendo o tema ser cantado com sensibilidade e seriedade, como deve ser. “A música desenterra conversas que são enterradas nos silêncios cotidianos”, ela me explica na entrevista abaixo, “a política precisa de corpos que se mexem.”

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *