Björk em exposição no MoMA

bjork

É uma idéia óbvia e, no caso dela, inevitável: o Museum of Modern Art de Nova York convidou Björk para criar uma exposição sobre sua carreira, que reúne objetos pessoais, memorabilia de clipes, discos e turnês, além de filmes e sons tirados do disco-aplicativo Biophilia e uma peça central chamada Black Lake, descrita como uma “experiência imersiva de filme e música de dez minutos” criada em parceria com o diretor Andrew Thomas Huang e a empresa de 3D Autodesk. O escritor islandês Sjón também foi convocado para dar uma nova dimensão à narrativa da exposição, que ficará em cartaz a partir de março até junho desse ano, além de dar origem ao catálogo Mid-Career Retrospective with New Comissioned Piece for MoMA.

Bjork_Exhibition_Catalog

Avisem ao André do MIS!

Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. 17/02/2015

    […] acaba de revelar o primeiro trailer do centro da exposição sobre sua carreira que irá fazer no MoMA em Nova York, a instalação "Black Lake", e pelo que dá pra sacar, vamos a uma viagem certamente […]