Vida Fodona #143: Melhores de 2008 (parte 3)

Conforme o prometido, eis a terceira parte.

Cat Power – “New York”
Diplo & Santogold – “Guns of Brooklyn”
Department of Eagles – “Waves of Rye”
Little Joy – “Brand New Start”
Lykke Li – “I’m Good, I’m Gone”
Girl Talk – “Rockin”
Passion Pit – “Sleepyhead”
Vampire Weekend – “Cape Cod Kwassa Kwassa”
Hercules & Love Affair – “Blind”
João Brasil – “This is How We Dance”
Santogold – “L.E.S. Artistes”
Mickey Gang – “I Was Born in the 90s”
Fujiya & Miyagi – “Knickerbocker”
Portishead – “Plastic”
Black Keys – “Strange Times”

Bora?

Só mais uma…

…essa é vi no Lucio:

É como se um clube importante fechasse suas portas. A galera rocker paulistana deixa de ser recebida em clubes por uma de suas caras mais conhecidas. O sempre agitado/agitador Rick Levy, host da Funhouse e de tantos outros lugares, sai de cena e da cena nesta semana, na festa Funhell, nesta quarta-feira. Rick na verdade se despediu oficialmente da porta e das famosas listas de convidados no último sábado, mas passa o bastão para a nova hostess (Dani Buarque) na Funhell desta semana, na qual vou ter a honra de tocar. Rick deixa a noite para investir em seu emprego “diurno”: a arquitetura.
“Você sabe que eu sou arquiteto formado há 12 anos, né”, me perguntou Rick. Não sabia.

Valeu aê, Rick! Aproveita a nova fase 🙂

Montage papai

É isso mesmo: Daniel Peixoto, o vocalista andrógino do Montage, viu seu filho nascer no último dia 30.

Forgotten sem Chucky

E quase antes de dormir, duas notinhas sobre o mondo pop brasileiro: na primeira, Chucky realmente confirmou sua saída do Forgotten Boys que, na seqüência, anunciou que está à caça de novos integrantes. É o Forgotten Boys 2.0 – seja você também um autêntico rocker brasileiro. “A idéia não é substituir (veja abaixo texto de Chuck postado no site da banda em 25 de janeiro), mas sim acrescentar novos músicos e renovar sua sonoridade” – a banda procura um tecladista e um percussionista. Será que eles vão pros lados do Black Crowes ou do Primal Scream? Se bem que não seria nada mal continuar na sonoridade Stones mesmo, só que caindo prum lado mais Let it Bleed.

Falando em menina nova…

Tem crescido bem essa amiguinha do Harry Potter…

…a primeira foto é de um ensaio pra revista Vs., a outra é de um ensaio pro Daily Mail. Tudo 2009.

Dakota Fanning 2009

É claro que vocês lembram dessa menina que berra sem parar…

…olha como ela cresceu.

Mas ainda é dimenor: próximo dia 23 ela completa 15 anos.

"O mercado de hoje está cada vez mais competitivo, não é mesmo?"

Gênios.

APCM OWNED

Você entra no site da Associação Anti-Pirataria Cinema e Música e aparece esse aviso:

Clicando o OK, você cai no Mininova 😛 Alguma dúvida que isso é represália contra a queda do Legendas.tv?

As 50 melhores músicas de 2008: 27) Hercules & Love Affair – "Blind"

A percussão começa levinha, devagar, e em menos de dez segundos, o baixo e os efeitos nos jogam em um trecho dos anos 70 em que a disco music ainda não tinha sido efetivada como gênero musical e caminhava à espreita por inferninhos nova-iorquinos que nunca imaginariam que aquele som poderia atingir um público massivo. Mas o aspecto retrô de “Blind” começa a se desfazer assim que Anthony começa a cantar – com seu timbre operístico e tom sóbrio avançam anos à frente, ultrapassando tanto o techno de Detroit quanto a house de Chicago, descambando em samples de metais que se misturam e pulsam à medida em que chegamos aos “feeling…” cantandos no refrão. Com melodia discreta, letra indie e produção precisa, A faixa resume a tensão de 2008 sem cair apenas na melancolia pessimista ou no desespero vazio característicos do ano. Uma canção introspectiva construída sobre uma base igualmente militar e funky, “Blind” é um clássico instantâneo.

27) Hercules & Love Affair – “Blind

Instant Sílvio

Clica na foto.

É mole?