Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. André disse:

    A maioria das pessoas, estudas ou não, mal sabe falar ou escrever corretamente um pequeno texto. Imagine utilizar acentuação, pontuação, aspas, hífen, etc.
    Grande iniciativa de alertar para o ridículo que alguns de nós se sujeita gratuitamente.

  2. André disse:

    Por favor, corrija meu texto anterior, alterando o “estudas ou não” para “estudadas ou não”. E espero ter acertado no emprego das aspas aqui. =)

  3. Ana disse:

    O pior é o que fazem com o pobre do cedilha. As pessoas escrevem VOÇÊ e derivados, justamente com o cedilha que a grande exclusividade da língua portuguesa.

  4. Felipe disse:

    Apenas para retificar o comentário acima, da Ana, cedilha não é a grande exclusividade da língua portuguesa. Está presente também em outras línguas. Aparece no francês, no turco, catalão, e várias outras. Romeno tem S cedilha e T cedilha. 😉

  5. Juju disse:

    Uma duvida…
    Se eu to escrevendo a fala de uma autor e dentro dessa fala te uma fala de outro autor e o paragrafo acaba na fala do segundo autor. O que eu faço com as aspas??
    Desde já obrigada

  1. 18/02/2009

    […] – teve a idéia de fazer um blog só sobre placas que usam aspas de maneira indevida. Vi lá no blog do Matias, e fiquei pensando que o Unnecessary Quotes é uma daquelas idéias que eu gostaria de ter tido, […]