Você pode gostar...

23 Resultados

  1. Conrado disse:

    Bã, genial!

  2. Renoir Santos disse:

    Acho que o Orwell não usou mescalina heheh

  3. klaus disse:

    põe foda nisso.
    está tudo lá.

  4. Claudomiro Santos disse:

    Muito bom mesmo, li os dois livros, são meus livros de cabeçeira!

    Mas algúem pode traduzir essa imagem aí, não trabalho com imagens!

    valeu

  5. luis Inácio disse:

    Poderiam ter traduzido a imagem ….

  6. Xixa disse:

    Acho que a diferença crucial é que Huxley fez uma previsão para um lado da cortina de ferro e Orwell para o outro. Não é que Orwell estivesse errado, mas é que o lado em que vivemos hoje, o lado que prevaleceu, foi lado previsto por Huxley.

    Nesse sentido, Orwell foi bem mais eficiente no seu alerta.

  7. Brontops disse:

    @Xixa:

    Eu não sei se Orwell foi eficiente ou se as pessoas leram Huxley como um “paraíso” de hedonismo. Já ouvi falar que nos anos 60, o Brave New World era “visto” como um lugar legal. Afinal, até uma super droga tinha (A Soma).

    Muitos anos atrás, houve uma matéria na Folha sobre o crescimento do uso do Prozac entre os norte-americanos. Acho que o Sergio Augusto (hoje no Estadão) fez justamente uma observação: o mundo caminha mais para um Brave New World do que para um 1984. Até havia surgido esta “super droga” legalizada que deixava as pessoas felizinhas…

    Não custa lembrar que Huxley criou uma sociedade primitiva justamente para contrapor a sociedade hedonista e alienada… E que no fundo demonstrava um beco sem saída… A minha edição de Brave New World tem um prefácio do Huxley dizendo que se ele tivesse escrito o livro mais “velho” teria sido mais “esperançoso” com uma sociedade primitiva, mas espiritualmente mais elevada.

    Abs

    • Glauber disse:

      @Brontops

      Em O Macaco e a Essência a visão do Huxley não melhora muito. De fato, o ser humano vive um beco sem saída. Na verdade, na atual conjectura dos fatos no mundo, estamos no limiar de escolher um caminho que nos leve há algo (cenário) parecido entre um e outro.

  8. Lili disse:

    amo amo amo

  9. skydiver disse:

    Vejam se ficou bom

  10. Digo Freitas disse:

    Belo achado! lerei os dois logo que acabar Eldest, hahaha

  11. Flavio disse:

    Acho que na sociedade nossa ocidental, capitalista, ponto para o Huxley, entretanto para a sociedade estabelecida no oriente médio, ponto para Orwell.
    Ambos acertaram na mosca.
    Gênios.

  1. 20/07/2009
  2. 22/07/2009

    […] De Stuart McMillen (via Alexandre Matias) […]

  3. 02/12/2009

    […] ♥ Aldous Huxley x George Orwell – Trabalho Sujo – OESQUEMA […]

  4. 01/06/2011

    […] Trabalho Sujo. Via Stuart McMillen. Comentários 0 […]

  5. 01/06/2011

    […] Trabalho Sujo. Via Stuart McMillen. Comentários 0 […]

  6. 07/06/2011

    […] Trabalho Sujo. Via Stuart McMillen. […]

  7. 10/06/2011

    […] Trabalho Sujo. Via Stuart […]

  8. 10/06/2012

    […] internet. Some day I may get into the 1%. In the mean time I found this interesting commentary on Orwell and Huxley. Very well done, but also a little to close to […]

  9. 06/07/2012

    […] aqui. E me lembrou dessa HQ que eu republiquei aqui há um tempão… Tweet Comente por: Alexandre Matias postado em: AHAHAH, Destaque, Imagem, […]

  10. 24/03/2014

    […] New World and George Orwell’s 1984, the two books are viewed as conflicting, each host to their own opposite, incompatible ideas. While it’s quite true that Huxley and Orwell imagined very different worlds, they shared a […]