Você pode gostar...

Sem Resultados

  1. Cristina disse:

    Ale,
    Adorei! Será que alguém leu o trabalho?

  2. Só notas como essas são relevantes em tempos de internet…

    Mui bueno.

  3. josimar disse:

    absolutamente genial!

  4. Só eu? disse:

    Eu leio ambos… só eu? =/

    • Também disse:

      Pois… devemos ser masoquistas!Por mais chatinha que seja uma introdução!

  5. Deza disse:

    putzz.. adorei!!
    very very goog!! hahaha

  6. Deza disse:

    good*

    e tenho dito! :p

  7. Marcos disse:

    {{sem fontes}}

  8. deni disse:

    iti is perfequiti!!!!

  9. Eu costumo ler introduções e notas mais que textos… não sou normal… =]

  10. Adelino de Santi Júnior disse:

    Do livro: Estatística sem Matemática

    Existe em português, excelente por sinal!

  11. Giovanna disse:

    Impressionante, mas devemos adimitir, ele está certo….

  12. Outra coisa que praticamente ninguém lê são os créditos nos finais dos filmes.

    Estes leitores são tão raros que num vídeo que o meu filho e os colegas fizeram, numa atividade escolar, o último agradecimento era:

    “E à professora Joana por ler os créditos.”

  13. Rodolfo Zaloti disse:

    Eu leio tanto a introdução quanto as notas de rodapé!!

  14. Sybylla disse:

    Eu sempre leio, tanto a introdução quanto às notas de rodapé, mas essa foi genial, temos que admitir. 😀

  15. Luis Thiago disse:

    Devo confessar que nota de rodapé é chato mesmo. Mas leio a Introdução.

  16. anton varela disse:

    teño que recoñecer que ainda que costame moito leo sempre as introduccions, non podo evitalo.

  17. Mauricio Salles disse:

    Eu leio tudo, introdução, rodapé e créditos finais. Já rolou stress de namorada chata por acabar o filme e eu nem me mover até aparecer o ‘color by technicolor’, ou algo que o valha….hehehehe

    • Adriano disse:

      Quando gosto do filme faço isso Também… Vamos lendo e ouvindo a musiquinha, rsrsrs ou quando quero saber o nome da atriz, diretor, etc.

      • Adriano disse:

        Nos livros é legal saber até a tiragem, editora… Copyright © (normal)

  18. Rui disse:

    Este compadre não é Canadiano, não ! É por certo Alentejano, e de Serpa.Foi nessas planuras que aprendeu que a ” introdução” é muito importante…tem de durar até pelo menos metade do tempo disponível….e deve ser em baixo.Um PhD de Toronto não discorria isto!

  19. Marcelo Amorim disse:

    Hehe muito bom, kkkkk e aposto que se tem muitos professores que abraçam a causa sem ler

  20. Carol disse:

    SENSACIONAL!!

  21. Mariane Lee disse:

    Genial! Bom, mas eu leio notas de rodapé hehehee!

  22. Rafael disse:

    Se ninguém lê notas de rodapé, como foi que esta foi lida???

  23. Cristiene Menezes disse:

    Demais! =)

  24. julio quezada celedon disse:

    Alguem traduz ?

  25. Ruy Otavio disse:

    humor, poesia, dialetica; da no em quem le e em quem nao le. valeu!!!

  26. muito franco para ser verdade… se for… muito bom!

    ” este capítulo deveria se chamar introdução, mas ninguém lê introduções e nós queríamos que você lesse isto. Nos sentimos seguros de admitir isto aqui, na nota de rodapé por que também ninguém lê a notas de rodapé”.

  27. Ana disse:

    nobody reads??? você leu!!!

  28. Marcelo disse:

    Qual é o livro?

  1. 04/01/2012

    […] Roubado daqui. […]

  2. 06/01/2012

    […] best footnote ever [via] […]

  3. 06/01/2012

    […] best footnote ever [via] […]